quarta-feira, 29 de outubro de 2014

quando o amor acenar







Quando o amor acenar, siga-o ainda que por caminhos ásperos e íngremes.
E quando suas asas o envolverem, renda-se a ele
Ainda que a lâmina escondida sob suas asas possa feri-lo.
E quando ele falar a você, acredite no que ele diz,
Ainda que sua voz possa destroçar seus sonhos,
Assim como o vento norte devasta o jardim.
Pois, se o amor coroa, ele também o crucifica.
Se o ajuda a crescer, também o diminui.
Se o faz subir às alturas e acaricia seus ramos mais tenros que tremem ao Sol, também o faz descer às raízes e abala sua ligação com a terra.
Como os feixes de trigo, ele o mantém íntegro.
Debulha-o até deixá-lo nu.
Transforma-o, livrando-o de sua palha.
Tritura-o, até torná-lo branco.
Amassa-o, até deixá-lo macio e, então, submeta-o ao fogo para que se transforme em pão, no banquete sagrado de Deus.
Todas essas coisas pode o amor fazer para que você conheça os segredos de seu coração e, com esse conhecimento, se torne um fragmento do coração da VIDA.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

é isto amamos.


rubem alves
















metade


Oswaldo Montenegro


 Que a força do medo que tenho, não me impeça de ver o que anseio;
Que a morte de tudo em que acredito não me tape os ouvidos e a boca;
Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio;



Que a música que ouço ao longe seja linda, ainda que em tristeza;
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada, mesmo que distante;
Porque metade de mim é partida, mas a outra metade é saudade;



Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece
e nem repetidas com fervor,      apenas respeitadas, como a
única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos;
Porque metade de mim é o que eu ouço, mas a outra metade é o que calo;



Que essa minha vontade de ir embora se transforme
na calma e na paz que eu mereço
e que essa tensão que me corrói por dentro seja um dia recompensada;
Porque metade de mim é o que eu penso mas a outra metade é um vulcão;


Que o medo da solidão se afaste e que o convívio comigo mesmo
se torne ao menos suportável;
Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
que eu me lembro ter dado na infância;
Porque metade de mim é a lembrança do que fui,   a outra metade eu não sei;


Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
pra me fazer aquietar o espírito;
E que o teu silêncio me fale cada vez mais;
Porque metade de mim é abrigo,   mas a outra metade é cansaço;



Que a arte nos aponte uma resposta mesmo que ela não saiba
e que ninguém a tente complicar porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer;
Porque metade de mim é platéia e a outra metade é canção;




E  QUE A MINHA 'LOUCURA' SEJA PERDOADA

PORQUE METADE DE MIM É AMOR E A OUTRA METADE
 TAMBÉM.




Fielmente




Correndo na auto estrada
Para o sol da meia noite
Rodas giram e giram
Você está na minha mente
Corações sem descanso
Dormem sozinhos à noite
Enviando todo meu amor
Através do fio do telefone

Dizem que a estrada 
Não é lugar para se começar uma família
Em todos os sentidos
Tem sido eu e você
E amar um músico
Não é sempre o que deveria ser
Oh, garota você fica ao meu lado
Serei sempre seu
Fielmente


A vida de circo
Sob o mundo das elites
Todos nós precisamos de palhaços
Para nos fazer sorrir
Através do espaço e do tempo
Sempre outro show,
Me perguntando onde estou
Perdido sem você

 
Sob o mundo das elites
Todos nós precisamos de palhaços
Para nos fazer sorrir
Através do espaço e do tempo
Sempre outro show,
Me perguntando onde estou
Perdido sem você
Sob o mundo das elites
Todos nós precisamos de palhaços
Para nos fazer sorrir
Através do espaço e do tempo
Sempre outro show,
Me perguntando onde estou
Perdido sem você





E estar separado não é fácil
Neste nosso relacionamento
Dois estranhos aprendem
A se apaixonar de novo,
Tenho a alegria
De redescobrir você
Oh, garota você fica ao meu lado
Serei sempre seu
Fielmente

.

  tradução da música:

Faithfully  journey.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Limites





Dancei os passos que a vida me ensinou,
Cantei o canto dos mestres do amor
Me rendi ao encanto da lua e das estrelas
Busquei meus sonhos,
Acreditei no meu talento
Me entreguei de corpo e alma...
Mergulhei no mar em fúria
Sem ao menos saber nadar.
Atravessei passagens perigosas
Tentei voar no infinito
Mergulhar em um inocente mar de emoções,
Mas naufraguei os meus sonhos
E me afoguei em ilusões...
Fui maltratada pelo destino
Atormentada pela solidão.
Mas a esperança sobreviveu diante da ilusão
Suportou o tempo
Acreditou no amanhã,
E depois de uma turbulência na alma e no coração
O destino me traz as asas
Para que eu possa voar sem medo no infinito
E mergulhar em um mar de verdadeiras emoções.
Fui além de meu LIMITES
Mas...
Foi desobedecendo a razão
Que encontrei a felicidade
E hoje sou feliz!!!


Precisa-se de um homem...





       



...que encare a vida de frente 

e sem querer ser super-herói

 voe com serenidade nas asas do seu destino.


Precisa-se deste homem especial e comum

 que nunca simule afeição,

 nem trapaceie com os meus sentimentos.


Que saiba conduzir-me com doçura,

 que saiba orientar-se com inteligência

 mas que aceite com humildade os desígnios do meu ser.


Ele deve ser alto - da altura de sua dignidade

 e belo - como a beleza do seu caráter sua ambição.


Deverá ter a medida exata

 do alcance de seus dedos - e de seus sonhos.


Precisa-se urgentemente desse deus-menino

 para por festa no meu coração,


 atear fogo no meu corpo,

 afogar-se nos meus braços e

 salvar por fim do aniquilamento

 resgatando nossas vidas com tributo de um amor total.



quero





Quero um homem que me chame de linda,
Ao invés de gostosa.
Que me ligue de volta,
Quando eu por algum motivo desligar na sua cara.
Que queira deitar embaixo das estrelas,
E escute as batidas do meu coração,
Ou então permanecer acordado
Só para me observar dormindo.
Quero um homem,
Do tipo que me beije na testa.
Que queira me mostrar para todo mundo.
Que segure na minha mão na frente dos seus amigos.
Que sempre me ache a mulher mais bonita do mundo.
Mesmo quando eu estiver sem nenhuma maquiagem.
Que insista em me segurar pela cintura.
Que me lembre sempre o quanto se preocupa comigo,
E o quanto é sortudo por estar do meu lado.
Quero um homem que vire para os seus amigos e diga,
É ela a mulher que eu procurava.










nada mudou


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Enquanto você dormia







Enquanto você dormia tentei descobrir a receita da felicidade 






para dar a você em doses homeopáticas,para que ficasse dependente de mim:Esse é meu lado egoísta!Enquanto você dormia tentei negociar com Deus alguns anos de vida em troca de um par de asas que me permitissem alçar vôos até você:Esse é meu lado sonhadora.Enquanto você dormia eu aprisionei o vento, silenciei os sons da noite e calei os seresteiros para que o silencio embalasse teu sono:Esse é meu lado anjo da guarda.






Enquanto você dormia eu apaguei todas as estrelas , desliguei a lua, coloquei vaga lumes atrás das montanhas e pedi as nuvens para te embalar;



Esse é meu lado fada.Enquanto você dormia encomendei um amanhecer perfeito, pedi ao sol para despertar depois de você e iluminar os caminhos do teu dia:Esse é o meu lado bruxinha.Enquanto você dormia tentei me manter acordada para sentir o quanto te amo até concluir que melhor era dormir e te encontrar no sonho:Esse é meu lado carente.Enquanto você dormia eu tecia sonhos com os fios de lembranças de nos dois enquanto meus olhos relutavam entre o sono e o despertar:Esse é o meu lado saudade…Enquanto você dormia pensei numa frase que traduzisse meu sentimento para que você lesse, enquanto eu dormia:
ESSE É MEU LADO AMOR..

























vida cigana




Vida cigana


"O Céu é meu teto,
a Terra é minha pátria
e a Liberdade é minha religião."

Abrir os olhos para um céu eterno e imutável,
calcando os pés em terras diferentes.
A cada dia um novo horizonte
que deixa à ventania sem dono os cabelos longos,
encaracolados de sonhos.
A cada momento um novo desafio,
que desafoga a viril energia
a correr pelos campos estrangeiros.
Dormir ao relento, na calada da noite,
eternizando-se nas asas da liberdade enluarada.
Riqueza dourada
de pontes de ouro sorridentes,
engaioladas em dentes brancos de bocas sedutoras.

Minha idade criança
contida num medo e desejo incontidos
de ser roubada,
arrastada
de corpo e alma,
de amor e paixão,
para aquele mundo alegre
de dança de roda e encanto de flor...
Roupa cigana,
canto cigano,
jeito novo de chegar
espalhando sedução
e de roubar os corações num instante,
para depois, de repente, ir embora
sem fornecer rastros
de endereços,
nem e-mails...

Nômades,
ricos de liberdade e de afeto,
de moral peculiar,
de cultura e de costumes,
de leis editadas ao tempo
e de honra cravada na vida.
Nômades,
com fé na esperança e nos deuses
das raízes do seu povo...
Nômades,
cada dia num chão
e para cada chão
um mapa bordado no coração.

Ciganos e ciganas.
Liberdade:
inexplicável e incontrolável aspiração
da natureza humana!